Tecnologia analisa desempenho de jogadores e auxilia comissão técnica do Atlântico

Dados são catalogados para uso em treinamentos e correções pré e pós jogos 

O esporte tem evoluído muito ao longo das últimas décadas. E com esta evolução veio o uso da tecnologia para auxiliar desde jogadores até comissões técnicas.

Tecnologias que também são utilizadas pelo Atlântico Erechim. Uma delas é a análise de desempenho. Esta é feita pelo analista e preparador de goleiros, Igor Silva Braga. Segundo ele, trata-se do registro de dados de uma partida através de software onde a comissão técnica pode observar os números e também o local da quadra onde ocorrem as ações.

Entre estas ações estão passes certos e errados, finalizações defendidas, gols marcados e sofridos entre outras que venham a ser determinadas pelo treinador. “Serve  para avaliarmos individualmente nossos atletas, bem como a equipe nos aspectos qualitativos e quantitativos, fazendo correções e ajustes necessários para a melhoria dos mesmos nos jogos e treinamentos”, destaca Igor Silva Braga, que também é treinador de goleiros do Clube.

Outro aspecto importante é  analisar e avaliar os adversários, observando por exemplo o local da quadra onde mais atacam, fragilidades defensivas dentre outros aspectos. “As ferramentas usadas para as coletas de dados são um tablet com um software instalado, no caso nós utilizamos o Videobserver, onde é feito o registro em tempo real das ações e enviados para o provedor. Estes dados também são armazenados no banco de dados do clube para facilitar futuras consultas, tanto para avaliações  da comissão técnica, como para o acesso à imprensa de alguns dados”, explica Igor.

No dia seguinte  as partidas fica disponibilizado para os atletas e é repassado para o treinador e o preparador físico, todos os dados relacionados ao jogo, o scout.

ZONA D CALOR

Vídeo como aliado

A ferramenta de análise é acompanhada também de vídeos dos jogos e treinos. Segundo Igor Silva Braga, o vídeo é importante para exemplificar com imagens tudo o que  foi coletado através do software, e o treinador recebe o material editado, com lances pontuais das partidas, que junto com scout em mãos, faz as avaliações necessárias”, acrescenta o analista.

Igor explica ainda que os adversários são analisados através de vídeos de jogos anteriores, editados e passado ao treinador que avalia o mesmo. Num segundo momento o treinador se reúne com os atletas e mostra o vídeo para que eles vejam e também façam suas observações. “Para este momento, fazemos o uso de outra ferramenta, chamada Tacticalpad”, diz.

Segundo Igor, com o avanço do esporte de alto rendimento a análise de desempenho se tornou uma ferramenta fundamental para que as comissões técnicas avaliem os atletas, bem como o adversário. “O objetivo é facilitar um pouco o trabalho do treinador, que através de números, gráficos, tabelas, vídeos editados pode fazer tirar suas conclusões de uma maneira mais rápida e objetiva, além de colaborar com os atletas para que eles possam exercer seu papel da melhor forma possível, melhorando a cada dia, buscando sempre as vitórias e títulos para o Atlântico”, completa Igor.

TACTICAL PAD

Treinador Mussalém aprova auxílio da tecnologia

O uso de dados auxilia o treinador e outros integrantes da comissão técnica do Atlântico, na busca por uma estratégia vencedora. “São dados que nos permitem avaliar e analisar situações individuais e coletivas da equipe”, destaca o treinador Paulo Mussalém.

“Quanto as avaliações em treinamento é um meio facilitador  das inúmeras situações reais ou não, para futuras correções, tanto no aspecto técnico, quanto tático”, conclui Mussalém.

O Atlântico Erechim está disputando neste segundo semestre, os campeonatos Gaúcho e Liga Nacional (LNF).