Planejamento leva Atlântico a seu maior título no ano do centenário

Clube comemora resultado de ações que o levou a conquistar todos os títulos possíveis de competições organizadas pela CBFS e o maior título possível entre clubes do futsal mundial 

Planejar para vencer. Este sempre foi um conceito utilizado pela direção do Atlântico APTI URI Erechim para realizar as ações que pudessem projetar o clube no cenário estadual e nacional do futsal, assim como também em nível internacional.

E foi justamente planejando ação após ação, que o time gaúcho ingressou no hall de um seleto grupo de equipes que já conquistou um título mundial. O Intercontinental de Clubes 2015, é resultado do planejamento que tinha por objetivo a conquista de um grande título no ano do centenário de fundação.

O Atlântico conseguiu conquistar nesta última década, todos os títulos possíveis promovidos pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Em 2013 conquistou a Liga Sul, Superliga e Taça Brasil.

E foi justamente através do planejamento em cima da conquista da Taça Brasil que o Galo teve direito a disputar a Taça Libertadores da América de Futsal, a qual foi conquistada pelo clube no ano seguinte, 2014.

Com a conquista da Libertadores, o Atlântico teve o direito a disputar o Intercontinental, competição não somente disputada, como organizada pelo Clube em 2015, ano do centenário. E para comemorar ainda mais, veio a conquista mundial, no início deste mês.

Após o mundial, ao Atlântico resta apenas um título possível no futsal brasileiro, a Liga Nacional, competição que o clube conquistou o vice-campeonato em 2005.

O Atlântico começou a competir no futsal em 1999. Além das conquistas já nominadas, teve ainda dois títulos do Campeonato Gaúcho. O Clube é a terceira equipe mais tradicional competindo na Liga Nacional o segundo no Gaúcho.

A direção comemora com orgulho, não somente o centenário de fundação do Clube, como também o resultado de um planejamento feito para três anos, 2013, 14 e 15, onde todas metas foram atingidas culminando com o objetivo final, que era buscar o título mundial.