Atlântico goleia o Foz pela Liga Nacional de Futsal

Em noite de superação na marcação, time de Erechim mantém sequência de vitórias antes de sair para três jogos fora de casa 

Pela Liga Nacional de Futsal (LNF), o Atlântico se despediu momentaneamente do seu torcedor, na noite deste sábado, 1º. Isso porque, fará na sequência, três partidas fora de casa. Mas antes de viajar, vitória com goleada sobre o Foz Cataratas, por 5 a 0.

O placar também mantém a equipe entre os primeiros colocados na tabela de classificação da primeira fase da LNF. Para o treinador Giba, é hora de saber dosar a euforia. “Quando se ganha, normalmente nem tudo está certo, como quando se perde, nem tudo está errado. É preciso saber avaliar e entender que ainda temos um longo caminho dentro da competição”, frisou.

atlaxfoz9

Ele também disse que o placar deste sábado foi importante para a sequência longe de Erechim. “Teremos confrontos muito fortes pela frente. O objetivo era somar o máximo de pontos possíveis nos últimos jogos, foram sete em nove disputados, acredito que a gente está no caminho certo”, ponderou.

O jogo deste sábado ainda marcou a estréia do pivô Barbosinha, que entrou na segunda etapa. Foi a volta dele a vestir a camisa do Galo, ele que no início da carreira chegou a jogar pela equipe de Erechim.

atlaxfoz

O jogo

Atlântico e Foz Cataratas começaram um jogo mais equilibrado. O Foz chegou a arriscar-se no ataque, mas viu Careca fazer duas boas defesas e impedir a abertura do placar nos minutos iniciais.

Depois foi a vez do Galo ir para o ataque e aos poucos criar oportunidades importantes. Até que aos 8min21, Gessé recebeu pela esquerda e concluiu para fazer 1 a 0 Galo. Já aos 19min13, foi a vez de Amadeu recebeu na intermediária e disparar contra “um petardo” contra Henrique, 2 a 0 Galo.

Na etapa final, o Galo passou a administrar o jogo, porém sempre exercendo forte marcação e não correndo tantos riscos. A partir dos 14min, o treinador Cigano passou a colocar o Foz Cataratas atuar com goleiro linha

A pressão que deveria acontecer, teve efeito contrário. Com marcação perfeita, o Atlântico não apenas segurou o ímpeto adversário, como também foi ampliando o placar. Primeiro através de Silva. Depois com Allan. E para fechar o placar em 5 a 0, Lucas deixou sua marca.

 

Esta ação integra o projeto Atlântico Futsal Campeão, que é financiado pelo Governo do estado do Rio Grande do Sul por meio do Pró-Esporte RS – Lei de Incentivo ao Esporte.